sábado, 31 de dezembro de 2011

Deu Vontade....

hehehe deu vontade de postar fotos engraçadas, bizarras e cabulosas no futebol... olhem só cada uma....

Olha o rolo! Minha nossa!


Dhalsim... tem as manhas...


Amassa napa.


Sem discussão vai!! os outros que estão fingindo...


Nana neném, que a cuca vem pegar...


Forgado!

Oooops, foi sem querer....


Baila, baila, baila, baila


Forgadaço!


Calma mano, não precisa humilhar...


Esse era o cara... tem que ser macho pra fazer isso numa final de Copa hein



Melhor não comentar


Agora; essa é a melhor:


VAI CORINTHIANS!





sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

domingo, 18 de dezembro de 2011

HáHáHáHá Humilhou!


Gente, eu juro que nunca tinha visto um time ser tão humilhado num jogo de futebol como o Santos no 1º tempo contra o Barcelona na final do Mundial de Clubes da FIFA. Barça 4x0, gols de Messi (2), Xavi e Fabregas. Parecia uma roda de bobinho! Os caras literalmente brincaram de jogar bola. O Santos nem viu a cor da gorduchinha. O duro é a vergonha pro futebol brasileiro, depois de toda a propaganda em cima desse time  normal como o do Santos, tachado como o melhor time do Brasil disparado. Fazer um papelão desses, foi covarde, medroso; tremeram na base. O Neymar estava com cara de choro! Devia estar pensando: "Ô pai, quero ir embora! Não quero mais brincar!".





Baile. Esse é o nome pra dar ao que aconteceu. Colocaram na roda mesmooo!

Também ir pra um Mundial, enfrentar o Barça, com Durval, Léo, Dracena... pelamor né.
O melhor em campo pelo Santos foi o goleirinho, coitado. Podia, sem exagero ter sido 10x0. O time catalão teve 16 chances de gol, contra 3 do Santos. A posse de bola, eu acho que contaram errado; deu 71% a 29%, pra mim foi 90% a 10%. Uma aula!

E esse tal de Leonel hein... que monstro! Não tem como comparar com ninguém hoje em dia. È um fenômeno. Fico pensando uma coisa: se a seleção argentina encaixar seu futebol, com Messi, Aguero, Tevez, Di Maria, Higuain, fica difícil pra a Copa de 2014 hein. Aff.

Parabéns Barça! E chega de Santos um pouco...
Timão é Penta Brasileiro, ano que vem é nóis no Japão pra ensinar esses caras como se ganha um Mundial!
hehehehe

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Aniversário! 21 anos do Nosso 1º título Brasileiro.

Em 16 de dezembro de 1990, o Corinthians ganhava pela primeira vez um título do Campeonato Brasileiro, em cima do São Paulo no Morumbi, vencendo os dois jogos finais por 1x0. No primeiro jogo gol de Wilson Mano e no segundo, gol de Tupãzinho.

Ganhamos de um time bem mais forte, com garra e coração; com jogadores medianos e Neto em grande fase.... temos que destacar alguns personagens daquela equipe, como Ronaldo goleiro, o lateral Giba, o zagueiro Marcelo (Djian), Wilson Mano, Fabinho e Tupãzinho. Várias lendas alvi-negras!



É realmente impressionante como o Corinthians evoluiu de lá para cá, tanto como clube, como time, em estrutura, em investimentos em outros esportes, como em patrocínio.... é incrível como se "agigantou" após essa conquista. Hoje, 21 anos depois desse títulos, já temos 5 Brasileiros, 3 Copas do Brasil, são mais 6 Campeonatos Paulistas, a Liga Rio São Paulo e um Mundial de Clubes.

PARABÉNS CORINTHIANS, POR ESSA CONQUISTA HISTÓRICA!!!!
21 ANOS DO BRASILEIRÃO 1990.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

História Real.... Sempre acontece!

Aconteceu em SP
Um menino de 6 anos chegou em casa e perguntou:



- Pai, para que time eu torço?
O pai imediatamente detectou o problema. Não ligava muito para futebol, nunca tinha conversado com o filho sobre o assunto. Percebeu que o menino tinha chegado a uma idade em que é obrigatório ser torcedor. Decidiu que se esforçaria para reparar o erro.
Prometeu ao filho que o levaria a jogos de todos os clubes grandes de São 
Paulo, para que o garoto tivesse todas as oportunidades para escolher seu time do coração. Fez a devida lição de casa. Aprendeu os fatos, os nomes, os momentos e lugares importantes na História de cada clube.

A primeira visita foi ao Morumbi, numa tarde de jogo do São Paulo. Chegaram cedo, passaram no Memorial, viram os troféus da Copa Libertadores, da Copa Intercontinental.
- Filho, o São Paulo é o mais bem sucedido clube brasileiro no cenário internacional. Ganhou a Libertadores 3 vezes, foi a Tóquio duas vezes para conquistar a Copa Intercontinental, também tem um Mundial de Clubes da Fifa. Além disso, foi o primeiro clube da cidade a ter o seu Centro de Treinamento. E claro, é o dono desse estádio, o Morumbi, o maior de São Paulo.
O jogo foi ótimo, o São Paulo venceu, o menino ficou impressionado com o tamanho e conforto do Morumbi.
- E aí, quer comprar uma camisa? – perguntou o pai.
- Ainda faltam três times, né? Prefiro esperar.


A segunda visita foi ao Palestra Itália. Passearam pela sede do clube. Viram os bustos de Ademir da Guia, de Junqueira, de Waldemar Fiúme. Também conheceram a sala de troféus. Sentaram-se nas numeradas do estádio do Palmeiras.
- Filho, esse time é diferente dos outros, por causa da conexão com a origem dos torcedores. O Palmeiras tem uma ligação sanguínea com a Itália, se chamava Palestra Itália. Claro, ninguém precisa ser italiano para torcer pelo Palmeiras, mas é bonito ver essa relação familiar com o time. Os palmeirenses são apaixonados por essa camisa. Grandes craques passaram por aqui ao longo dos tempos. Tanto que o time tem o apelido de “Academia”. – contou o pai.
O Palmeiras ganhou, o menino vibrou. Gostou do ambiente no Palestra, da proximidade do gramado.
- Vamos comprar a camisa? – o pai perguntou.
- Mas ainda faltam dois times…


Próxima parada, Vila Belmiro. No carro, indo para Santos, o pai começou a falar sobre as glórias do time.
- Meu filho, esse time que você vai conhecer hoje é um patrimônio do futebol. É o time em que jogou o Pelé, o maior jogador da História. Teve o melhor time de todos os tempos, no começo da década de 60, quando não havia adversário neste planeta que pudesse vencê-lo. Você vai ver a quantidade de taças que eles têm.
Visitaram o Memorial das Conquistas e sua impressionante coleção de troféus. As fotos do timaço que conquistou o mundo duas vezes, do Rei Pelé e de tantos e tantos jogadores lendários.
O Santos ganhou o jogo, o menino ficou empolgado. Na Vila, dá para ficar ainda mais perto do campo.
Na saída, a mesma pergunta.
- Vamos comprar a camisa?
- Calma pai, ainda tem um jogo para a gente ir, não tem?


E foram ao Pacaembu, num domingo à tarde. Não conseguiram sair cedo de casa, estavam um pouco atrasados. O pai foi falando sobre o Corinthians no carro.
- Filho, estamos indo ao Pacaembu, mas o Pacaembu não é o estádio do Corinthians. É da prefeitura, porque o Corinthians não possui um estádio próprio. Mas a torcida se sente muito bem lá. Outra coisa: o Corinthians é o único time de São Paulo que ainda não ganhou a Copa Libertadores. Mas tem um detalhe interessante: é a maior torcida de São Paulo, e a segunda maior do Brasil. É uma torcida tão apaixonada que é chamada de “Fiel”. Esta torcida ficou por mais de vinte anos sem ganhar um título sequer, no entanto, incrivelmente, foi exatamente neste período que a torcida mais cresceu.
Dificuldades para estacionar o carro, confusão na descida da escadaria, empurra-empurra, correria, etc... enfim chegaram em frente ao Pacaembú. Chegando próximo à bilheteria, viram um homem pardo, de chinelos de dedo, comprando seu ingresso com os últimos trocados de sua surrada carteira.

Por causa do atraso, pai e filho entraram no Pacaembu pelo portão principal, quase na hora em que o Corinthians subiu ao gramado. Sentaram-se apertadamente na escadaria da arquibancada de cimento por falta de espaço, e logo tiveram de se levantar, porque o time foi para o campo. A emoção da torcida ao ver o time subir a escadaria do vestiário deixou o menino impressionado...
De repente, o pai percebeu algo assustador. Seu filho estava arrepiado, respiração alterada, chorando de euforia, irriquieto, e ao mesmo tempo rindo sozinho, feliz como se tivesse ganho o maior dos presentes.
- O que aconteceu, meu filho?
- Não sei, pai.
- Por que você está chorando?
- Não sei…
- Quer ir embora?
- Não, quero ficar.
O jogo estava para começar quando o menino pegou o braço do pai.
- Pai, quero uma camisa.
- Como assim?
- Escolhi, pai.
- Mas o jogo ainda nem começou…
- Não importa !!! Eu sou corinthiano !!!




ENTENDEU?
SENTIU?
NÃO?
ENTÃO NÃO É...

SÓ QUEM É PRA ENTENDER MESMO.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Tae Umas Fotinhas da Nossa Festa do Penta 04/12/11

Hoje teivemos uma enorme carreata em comemoração ao Penta Campeonato Brasileiro do Timão, grande e animada, depois consigo umas imagens pra postar aqui, por enquanto vou colocar umas fotos da festa de domingo, dia do jogo final, churras na casa do Lion! É nóis moçadaaaa!












sábado, 10 de dezembro de 2011

É Peeeenta!!!!

VAI CORINTHIANS!!!!

E foi...
Depois de um campeonato muito disputado, o Timão ficou com o título, empatando com o Palmeiras na última rodada por 0x0. Depois de liderar por 27 rodadas das 38 disputadas, depois de uma grande arrancada de 9 vitórias nos 10 primeiros jogs, depois de ver vários erros de arbitragem contra o time, conseguimos oque deveria ter conseguido já no ano passado. O título.

Que delícia o chute no vácuo do Jorge Henrique. Aliás o JH está se mostrando um predestinado para jogadas de entrar para história. Nesse mesmo campeonato, chutou para Rogério Ceni tomar um frangaço daqueles, nos 5x0 do 1º turno.


E agora o chute no vácuo contra o Palmeiras. Oque não dá pra entender é que o camaradinha lá do Chile faz sempre o mesmo lance e é legal, é bonito, é futebol alegre.... quando o JH fez deu briga! Ma são uns mané mesmo, veja:


Outro lance bonito, também no jogo contra o Palmeiras foi o drible do Liédson! MARAVILHA:



Acostumado a dar chapéu, Neymar também levou! Do monstro Ralf, confira:



Essa sequência de canetas do Sheik foi sensacional, contra o São Paulo:



Vamos a alguns golaços do Timão nesse Campeonato.
Começando pelo gol do Alex Procopense contra o Ceará no Pacaembu; pancada de longe na gaveta:



Gol do Wiliam no 3x0 contra o Atlético-GO também no Paca; corte e colocada no ângulo:



O gol de Danilo, abrindo o 5x0 contra o São Paulo no Pacaembu, corte deixando zagueiro e ceni no chão:


Gol do Emerson Sheik, contra o Atlético Paranaense, começando com um toque de letra e depois enfiando um canudo reto e rasteiro no canto.



Gol importante mesmo, talvez o mais importante do campeonato para o Corinthians foi o da virada em cima do Atlético Mineiro no Pacaembu, de Adriano Imperador aos 46 minutos do 2º tempo; roubada de bola, contra-ataque rapidíssimo e colocada no canto:




Gol de Cachito Ramirez, na importantíssima vitória contra o Ceará; corte seco e colocadinha no canto:



O Gol da virada contra o Flamengo no Pacaembu, de Liédson; cruzamento na área e voleiozinho de prima:



E agora pra fechar uma foto do meu querido ex-presidente Lula, lutando contra o câncer e comemorando o nosso Penta Campeonato. Valeeeeeu!


É nóis!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Jogo Nostálgico!

Ontem à noite, tivemos um jogo Global! Relembramos velhos e bons momentos do humor brasileiro....
DEDÉ do Vasco e os TRAPALHÕES do Palmeiras!

sauhuahsuahsuhaushauhsuahushauhs
esses caras tb hein
assahuasusauhsuahsuhaushauhsuahs

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Esse é Raríssimo!

No Campeonato japonês, o jogador Ryujiro Ueda fez um gol de cabeça de antes do meio de campo!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

São Paulo erra na contratação do novo técnico

De acordo com dirigentes são paulinos que não quiseram se identificar, o São Paulo Futebol Clube
tentou voltar atrás na apresentação do novo técnico Emerson Leão, mas devido à assinatura 
antecipada do contrato e a alta multa rescisória, não houve acordo:

- "Queríamos contratar o Leão Lobo, mas num mal entendido, trouxeram o Leão, agora deixa assim mesmo." disse


Que maldade moçada.... vocês também hein, aff.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

domingo, 18 de setembro de 2011

Crítica ao Corinthians

Desde o começo do blog, na verdade há muito tempo não escrevo uma análise crítica sobre o Corinthians... aliás, não gosto de quem fica criticando muito... Mas no clássico de hoje foi o estopim, preciso falar!
O time começou muito bem o jogo, dominava o meio de campo, marcava forte, em cima, tocava bem a bola, criava chances de gol, que aliás saiu cedo, aos 12 minutos, com Liédson, e criou outras várias, claras, daquelas não se perde... às vezes o Santos também chegava com perigo,e o instável Júlio Cesar estava em tarde inspirada, fazendo alguns milagres!  O Santos caía sempre no espaço deixado pelo nosso querido nº2. Mas mesmo nessa parte do jogo que o Corinthians dominava, a defesa já dava sinais de que poderia entregar à qualquer momento... e o Santos chegou ao empate. Como? Denovo em cobrança de escanteio... os treinadores adversários já sabem, escanteio contra o Corinthians é meio gol. Tem sido assim há algum tempo já. O Alessandro ficou de bobeira na área, marcando absolutamente ninguém, e o bola cai justamente atrás dele. Mesmo assim o primeiro tempo foi nosso, e a certeza de que voltaríamos bem no segundo tempo. Mas não... como tem acontecido, o Corinthians tem caído muito de rendimento no 2º tempo dos jogos. Tomamos a virada ainda cedo, gol do londrinense Henrique, que seria expulso logo depois... BELEZA! um a mais em campo, com tempo no relógio pra correr atrás do resultado. Nada feito.
O Sr. Adenor Leonardo Bacchi, vulgo Tite, prepara as sua substituições esdrúxulas. O Santos deitava e rolava nas costas do ex bom lateral Alessandro, Neymar dando um baile no careca! Aí o Weldinho tira o colete, e quando levanta a placa da substituição, quem sai? Não, você errou! O Weldinho é lateral direito reserva, mas ele colocou no lugar do esquerdo, que não estava comprometendo... Aff Tite, você é mané mesmo hein... Aí surge uma luz, Jorge Henrique vai entrar, o Sheik errando todas, as bolas... quem sai? Você errou denovo! Quem sai é Wliam, nosso melhor atacante no jogo. Pelamor de Deus Adenor! E dále bola nas costas do Alessandro... De vez em quando até dava pro Ralf cobrir a avenida ali e tirar umas bolinhas... Beleza, 28 minutos, com um a mais, ainda dá! Aí vem o dilema... olha pro banco e coloca quem? Danilo ou Morais? Oh dúvida cruel! Difícil escolher na verdade... Mas eu sempre torço pra ele escolher o Morais, que pelo menos de 5 que entra em 1 ele tenta alguma coisa, o Danilo não dá mais... já mostrou que não combina, não tem espírito de Corinthians.
Tite vai trocar denovo, diz o repórter. Danilo está pronto pra entrar. Meu Deus, NÃO! Pelo menos agora ele tira o Alesandro que ta meio cansado, e ta jogando mal, coloca lá o Weldinho ou o Paulinho e tal... Erramos denovo! O caboclo me tira o Ralf, que estava jogando por ele e pelo outro também! Ah véi... depois dessa eu desisti...
Na verdade ainda torci pra tomarmos o 4º gol, quem sabe com uma goleada o time acorda, dá uma chacoalhada, reage, meche o brio dos caras... Quase tomamos, mas não saiu.
E o ex-líder o do campeonato, por 17 rodadas seguidas ainda levou sorte no final; por que o bicho ia pegar com a torcida, mas a séria contusão do Alex deixou o estádio em silêncio.
Ainda bem que o próximo jogo é contra os Bambis. Se jogarmos um pouquinho, retomaremos a liderança!
Vai Corinthians! Vaza Tite e Danilo! Já deu!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Mais um Artilheiro Corinthiano!

Eita nóis!
Foram divulgadas umas fotos de um grande artilheiro do futebol brasileiro corinthiano... o nome da vez é o craque Leandro Damião do Inter. Corinthianíssimo, desde criancinha, como o pai dele, as fotos do aniversário não deixam mentir! E convivia, aparentemente só com coleguinhas gente boa hehehehe





Aliás, se for pesquisar a fundo, a grande maioria dos jogadores são corinthianos quando pequenos, e o maior sonho deles, com certeza é de vestir, ao menos uma vez, o manto sagrado alvi-negro. É fácil justificar tal fato: o motivo, obviamente, é que a maioria esmagadora é mesmo corinthiano! Jogador de futebol ou não; médicos, advogados, dentistas, engenheiros, marketeiros (não podia deixar passar...), bancários, promotores, vendedores de picolé, bandidos, enfim.... todos, em sua maioria "É NÓIS".
Agora, sem polêmicas hein CHOLORADOS... ou então manda ele pra cá!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Corinthians - Marca Mais Valiosa Entre os Times Brasileiros


Vejam:

Corinthians amplia a vantagem na liderança como marca mais valiosa:

Em estudo divulgado pela empresa de consultoria BDO RCS, o Corinthians consolidou a liderança como maior marca dentre os grandes clubes brasileiros. A do Timão cresceu em 16% em relação aos números de 2010 e está avaliada em R$ 867 milhões. O segundo colocado é o Flamengo (R$ 689,5 milhões).
Amir Somoggi, um dos responsáveis pelo estudo, lista razões que fazem do Alvinegro Paulista, mesmo inferior em relação ao Flamengo em número de torcedores, o "campeão" quando o assunto é marca esportiva.
- O que puxou o Corinthians foi o crescimento do seu faturamento. Embora não tenha a maior torcida do Brasil, o Corinthians tem uma grande concentração de torcedores numa faixa de pessoas que recebe entre cinco e dez salários mínimos. Além disso, o Corinthians tem mais torcida do que o Flamengo no Sudeste. O Corinthians, por exemplo, teve receita de R$ 212 milhões ao longo de 2010 e o Flamengo apenas de R$ 128 milhões - explicou, por telefone.
Líder do ranking em 2009, o Flamengo caiu para o terceiro lugar em 2010 e assumiu a vice-liderança em 2011. Somoggi acredita que os rubro-negros só reassumirão a ponta caso aprendam a explorar seu maior patrimônio.
Outros dados interessantes se referem aos alvinegros Santos e Botafogo, que dominaram o futebol nacional nos anos 60. Os paulistas apresentaram a maior subida percentual de 2010 para 2011: 49% - sua marca foi elevada de R$ 153,3 milhões para R$ 227,9 milhões. Já o clube de General Severiano, lanterna nos últimos dois estudos, segue estagnado na 12ª colocação. Sua marca só teve uma elevação de R$ 800 mil (entre 2010 e 2011). Somoggi explica ambos os fenômenos.
- O Santos tem grandes chances de superar o Internacional, estabelecendo assim nas quatro primeiras colocações os grandes de São Paulo mais o Flamengo. Mas isso também depende do crescimento do Inter. O Botafogo tem pouca torcida pelo Brasil proporcionalmente aos outros 11. Faturou apenas R$ 52 milhões em receitas no ano 2010. Além disso, o patrocínio era de R$ 5 milhões no ano passado, dez vezes a menos do que o Corinthians. Sua marca é proporcional ao que gera - explicou.
Além do Peixe, o Vasco é apontado como outro clube com potencial para crescer muito no ranking que envolve os 12 maiores país. O título da Copa do Brasil é visto por Somoggi como um combustível para isso.
- O Vasco tem um potencial gigantesco. Acredito que o título da Copa do Brasil o ajudará muito. O Fluminense, por exemplo, cresceu substancialmente após ser campeão brasileiro - disse.
Por fim, Somoggi ainda projetou que a disputa pela maior marca seguirá por muito tempo entre Corinthians, Flamengo e São Paulo, os três primeiros do levantamento. É válido destacar, porém, que o São Paulo, líder em 2004, cresceu muito pouco em 2011, tendo seu marca ampliada em relação à temporada passada em apenas R$ 4,4 milhões.
- O Palmeiras (quarto colocado) fica bem afastado em relação a esses três. A briga vai continuar entre Corinthians, Flamengo e São Paulo - decretou.






sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Gladiador Corinthiano - Parte 2

Bom, pra encerrar esse assunto, pros que duvidaram da ficha abaixo, eis a entrevista concedida pelo próprio Kléber, ao globoesporte.com após a eliminação do Palmeiras na primeira fase da Copa Sul Americana, ontem: "- Não cheguei a ser sócio, faltaram algumas documentações (risos). Mas já frequentei com o meu irmão, tínhamos o nosso time. Apesar de a minha família por parte de mãe ser toda palmeirense, meu pai é muito corintiano, e por influência dele todos torciam pelo Corinthians. Mas isso acaba quando começamos a jogar profissionalmente." assegurou, apesar da Gaviões o considerar sócio e estar avaliando se o expulsa ou o mantém no quadro de associados. A enquete no site da torcida aponta 50% para cada lado.
Portanto amigos, não é montagem, mas eu tenho que reconhecer que o rapaz é mesmo profissional, porque joga com um afinco muito grande pelo time verde, mostra raça em todas as jogadas, e corre pra caramba em todos os jogos. A torcida do Palmeiras tem até que parabenizá-lo, porque não deve ser fácil pra um Corinthiano jogar com tanta vontade de vencer no Palmeiras. Eu mesmo não sei se conseguiria.... hehehe

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Gladiador Corinthiano!

Foi divulgada na imprensa, na data de ontem, a ficha de inscrição do ídolo palmeirense Kléber, o Gladiador, como sócio da Torcida Organizada do Corinthians Gaviões da Fiel. A notícia caiu como uma bomba, já que o atacante sempre se declarou palmeirense "desde criancinha", e usou isso até como motivo para voltar do Cruzeiro ao Palmeiras. Dizem alguns que Kléber era da frente de aço da facção da torcida corinthiana em Osasco, inclusive, um dos que lideravam o movimento contra cambistas, onde alguns integrantes enfrentavam esses vendedores ao redor do estádio para tomar os ingressos e repassar aos demais.





Legal saber disso! Só não sei como vai reagir o jogador no clássico de domingo.... ele vem de 9 partidas sem marcar, e pode descontar toda sua ira contra o time de coração, ou continuar a ser inofensivo em clássicos contra o Timão, como sempre foi. Veremos....

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Média de Público Brasileirão 2011

Vim falar hoje sobre a média de público do nosso Campeonato Brasileiro 2011. Apesar de ser óbvio, e sempre o mesmo time liderar o público e renda nos campeonatos que disputa... mas é legal pra saber quem coloca mais gente nos estádios depois do eterno campeão de venda de ingressos! Lembrando que a média exposta à seguir, é somente dos jogos como mandante.
O Corinthians lidera as estatísticas e tem o apoio de mais de 27 mil torcedores pagantes por jogo no Pacaembu. Após disputar a Série B, o Corinthians vem com histórico de muita gente em todos os jogos. Depois, o destaque maior pro Bahia, que tem a vice liderança neste quesito, jogando sempre com estádio cheio, com mais de 23 mil pessoas; em seguida está o Flamengo, que dizem ter a maior torcida, mas que está sempre atrás do Timão neste aspecto de público em jogos. Mesmo assim a média é boa, quase 21 mil torcedores por jogo no RJ. Achei também muito legal a nossa dupla paranaense em 4º e 5º lugares, com ótimas médias. O Coritiba coloca mais de 17 mil pessoas no Couto por jogo, e o Atlético leva quase 16 mil torcedores à Arena. Na sequencia aparecem Palmeiras e São Paulo. Confira a relação completa:

Média de público por jogo em casa
1 – Corinthians – 27.140
2 – Bahia – 23.496
3 – Flamengo – 20.915
4 – Coritiba – 17.416
5 – Atlético-PR – 15.940
6 – Palmeiras – 15.215
7 – São Paulo – 14.735
8 - Atlético-MG – 13.643
9 - Grêmio – 13.464
10 - Inter – 12.687
11 – Botafogo – 12.489
12 – Vasco -  11.738
13 – Ceará – 11.436
14 – Figueirense – 9.376
15 – Fluminense – 9.149
16 – Cruzeiro – 8.630
17 – Atlético-GO – 7.175
18 – Santos – 7.057
19 – Avaí -  5.904
20 – América-MG – 2.830

O mais incrível é que quando incluímos nas estatísticas os clubes participantes das outras divisões, muda-se o líder. O Santa Cruz do Recife, coloca 10 mil pessoas a mais  do que o líder do Ranking da série A, e pasmem, disputando a 4ª divisão, originalmente denominada como Série D.

Tradicional clube do país, o Tricolor de Pernambuco desde sempre leva multidões aos estádios, mostrando uma paixão e um fanatismo pouco visto, fazendo uma festa grande a cada jogo. A dificuldade com que o cluibe passa, faz com que a torcida esteja sempre presente nos jogos da Cobra Coral. Caiu 3 anos consecutivos, da 1ª para a 4ª divisão, onde se encontra há 2 anos. Veja os 10 primeiros do ranking contando todos os times:

1 - Santa Cruz (37.272) Série D
2 - Corinthians (27.140)
3 - Bahia (23.496)
4 - Flamengo (20.915)
5 - Coritiba (17.416)
6 - Sport (16.197) Série B
7 - Atlético-PR (15.940)
8 - Palmeiras (15.215)
9 - São Paulo (14.735)
10 - Atlético-MG (13.643)

terça-feira, 9 de agosto de 2011

4 X Timão - A Conquista do Tetra

Vale a pena conferir o trailer do novo filme do Corinthians, contando a história da conquista das 4 taças de Campeonato Brasileiro. Da década de 90 pra cá, um dos times mais vitoriosos do país. Pelo trailer, dá pra ter uma idéia do que será o filme.... de arrepiar. VAI CORINTHIANS!!!!

sábado, 6 de agosto de 2011

Números dos Clássicos em Brasileiros!

Vou falar um pouco sobre as estatísticas dos grandes jogos de rivais regionais, os chamados Clássicos, onde todos osm trocedores se interessam mais, os nervos ficam à flor da pele, as discussões ficam mais ásperas e o grito de gol sai mais forte!
Pra vocês terem argumentos em conversas com seus amigos torcedores de times rivais. Lembrando que os números são apenas em Campeonatos Brasileiros, de 1971 até 2011.

Vamos começar por Clássicos Paulistas:
Corinthians e Palmeiras têm o próximo derby marcado pra última rodada desse 1º turno, provavelmente em Presidente Prudente, dia 28/08.

Até hoje foram disputados 37 jogos entre os dois, com 12 vitórias do Palmeiras (47 gols marcados), 14 empates e 11 vitórias do Timão (35 gols marcados). Último jogo, no 2º turno do ano passado em 24/10/10, vitória corinthiana por 1x0.

No confronto contra o São Paulo, o alvi negro tem ampla vantagem. Em 47 partidas disputadas, 18 vitórias do Corinthians (51 gols anotados), 18 empates, e 11 vitórias do Tricolor (42 gols feitos).
No último encontro, a maior goleada entre os dois em Brasileiros: sonoros 5x0 pro Timão no Pacaembu, fora o show, na 6ª rodada, em 26/06/11.

No clássico alvi-negro contra o Santos muito equilíbrio. Foram disputados 44 jogos, com 16 vitórias do time do Parque São Jorge (59 gols marcados), 13 empates e 15 vitórias do time da Vila Belmiro (61 gols anotados).
O último jogo foi na Baixada Santista, 2º turno de 2010, 3x2 pro Timão em 22/09/10. Se encontram novamente na próxima quarta-feira, dia 10, de novo na Vila, valendo confronto adiado da 5ª rodada desse ano.

O confronto entre Palmeiras e São Paulo, grande vantagem do time Verde, mas com a maior quantidade de empates nesse tipo de confronto. Foram 48 jogos, com 16 vitórias do Palmeiras (fez 60 gols), 23 empates e somente 9 vitórias do time do Morumbi (marcou 51 gols).

Foram 48 jogos, com 16 vitórias do Palmeiras (fez 60 gols), 23 empates e somente 9 vitórias do time do Morumbi (marcou 51 gols). Última peleja em 19/09/10, 2x0 pro São Paulo no Pacaembu.

O clássico entre Santos e Palmeiras marca um super equilíbrio.
São 48 partidas disputadas, com 14 vitórias para cada lado e 20 empates. O time Palestrino marcou 63 gols e o Peixe 60. Último jogo foi 1x1 na Vila Belmiro em 02/10/10.

Já no clássico Sansão, foram 47  confrontos. O São Paulo ganhou 21 vezes (fez 62 gols), tivemos só 8 empates e 18 vitórias Santistas (59 gols anotados).
No último encontro, 4x3 pro Tricolor no Morumbi em 17/10/10.

Agora Clássicos Paranaenses:
Começando pelo mais famoso, tivemos 26 jogos Atletiba, com 10 vitórias do Coritiba (28 gols anotados), 8 empates e 8 vitórias Atleticanas ( 25 gols feitos).
Último jogo foi 3x2 pro Coxa no Couto Pereira em 25/10/09.

Coritiba e Paraná Clube andam se desencontrando, quando um cai, o outro sobe.
Até hoje foram 18 jogos Paratiba, com 6 vitórias Coxa (19 gols), 5 empates e 3 vitórias Paranista (17 gols).

No último clássico por Campeonatos Brasileiros, 3x2 pro Tricolor da Vila, em 01/10/2005, no atualmente abandonado Pinheirão.

Paraná e Atlético se encontraram 18 vezes, com muito equilíbrio: 6 vitórias para cada lado e 6 empates. O Paraná fez 23 gols e o Atlético 27.

No último confronto, 2x1 pro Furacão em 23/09/07 na Arena da Baixada.

Vamos aos Clássicos cariocas:
No Fla-Flu foram 47 disputas, com 15 viórias do Flamengo (44 gols anotados), 15 do Fluminense (49 gols marcados) e 12 empates.
Último jogo foi na 9ª rodada do 1º turno desse ano. 1x0 pro Fla, em 10/06/11, no Engenhão.

Flamengo e Vasco se encontraram em 44 oportunidades, com equilíbrio total nos números. São 15 vitórias para cada lado e 14 empates.
Foram 54 gols feitos pelo time Cruz Maltino e 53 pelo clube rubro negro. Em 24/10/10 foi o último jogo; empate por 1x1 no Engenhão.

No encontro em Flamengo e Botafogo, vantagem gigante do urubu. Em 43 confrontos, o Flamengo venceu 17 vezes (55 gols marcados), 18 empates, e só 8 vitórias do Fogão (41 gols marcados).

Em disputa pelo 1º turno em 19/06/11, empate por 0x0 no Engenhão.

Fluminense e Vasco duelaram 44 vezes, com 13 vitórias do Flu (53 gols), 19 empates, e 12 vitórias do Vascão (53 gols tb).

Último clássico entre os dois foi 1x0 pro Tricolor das Laranjeiras, em 07/11/10, sempre no Engenhão.

Botafogo e Fluminense travam um duelo equilibrado, com 11 vitórias para cada lado em 36 jogos, ainda foram 14 empates.

O time estrelado fez 43 gols, enquanto o pó de arroz marcou 41. Último econtro foi no Engenhão em 17/10/10 num magro 0x0.

Vasco e Botafogo fazem um clássico alvi-negro no Rio, e encontramos aí o maior desequilíbrio em jogos desse porte.

Em 35 jogos, temos 15 vitórias Vascaínas (47 gols feitos), 15 empates e só 5 vitórias Botafoguenses (35 gols anotados). Último jogo foi 2x2 em 22/09/10, e o próximo é amanhã, pela 15ª rodada do BRão 2011.
PS: O Botafogo já reduziu os esses números, vencendo ontem por goleada de 4x0.

Clássicos Mineiros:
No maior de Minas, Cruzeiro e Atlético se enfrentaram em 47 oportunidades. Foram 17 viórias do Galo (60 gols feitos), 15 empates, e 15 vitórias do Cruzeiro (51 gols marcados).

Na última vez 4x3 pro Galo em 24/10/10, no Parque do Sabiá em Uberlândia.

Cruzeiro e América se pegaram em 11 jogos, com 3 vitórias do time azul (17 gols), 7 empates e 1 vitória do Coelho (13 gols feitos).

Jogaram pelo 1º turno desse ano já, empate por 1x1 na Arena do Jacaré em 18/06/11.

Atlético Mineiro e América Mineiro jogaram 13 vezes em Brasileiros da primeira divisão, com 7 vitórias alvi negras (18 gols marcados), 4 empates e 2 vitórias rubro verdes (9 gols anotados).

Já se encontraram também pelo campeonato em andamento, 2x0 pro Galo em 10/07/11, na Arena do Jacaré.

Clássico Gaúcho:
Esse pega fogo. O Grenal foi disputado 42 vezes, com 17 vitórias do Grêmio (marcou 40 gols), 10 empates, e 15 vitórias do Inter (fez 41 gols). O último jogo foi empate: 2x2 em 24/10/10, no Olímpico.

Clássico Catarinense:
Figeuriense e Avaí só se pegaram no Campeonato de 1976, com uma vitória por 1x0 para cada lado. O Figueira venceu seu jogo no Orlando Scarpelli e o Avaí deu o troco em 17/10/76 na Ressacada.

Vão se encontrar na 1ª divisão na última rodada do turno, 35 anos depois!