domingo, 18 de setembro de 2011

Crítica ao Corinthians

Desde o começo do blog, na verdade há muito tempo não escrevo uma análise crítica sobre o Corinthians... aliás, não gosto de quem fica criticando muito... Mas no clássico de hoje foi o estopim, preciso falar!
O time começou muito bem o jogo, dominava o meio de campo, marcava forte, em cima, tocava bem a bola, criava chances de gol, que aliás saiu cedo, aos 12 minutos, com Liédson, e criou outras várias, claras, daquelas não se perde... às vezes o Santos também chegava com perigo,e o instável Júlio Cesar estava em tarde inspirada, fazendo alguns milagres!  O Santos caía sempre no espaço deixado pelo nosso querido nº2. Mas mesmo nessa parte do jogo que o Corinthians dominava, a defesa já dava sinais de que poderia entregar à qualquer momento... e o Santos chegou ao empate. Como? Denovo em cobrança de escanteio... os treinadores adversários já sabem, escanteio contra o Corinthians é meio gol. Tem sido assim há algum tempo já. O Alessandro ficou de bobeira na área, marcando absolutamente ninguém, e o bola cai justamente atrás dele. Mesmo assim o primeiro tempo foi nosso, e a certeza de que voltaríamos bem no segundo tempo. Mas não... como tem acontecido, o Corinthians tem caído muito de rendimento no 2º tempo dos jogos. Tomamos a virada ainda cedo, gol do londrinense Henrique, que seria expulso logo depois... BELEZA! um a mais em campo, com tempo no relógio pra correr atrás do resultado. Nada feito.
O Sr. Adenor Leonardo Bacchi, vulgo Tite, prepara as sua substituições esdrúxulas. O Santos deitava e rolava nas costas do ex bom lateral Alessandro, Neymar dando um baile no careca! Aí o Weldinho tira o colete, e quando levanta a placa da substituição, quem sai? Não, você errou! O Weldinho é lateral direito reserva, mas ele colocou no lugar do esquerdo, que não estava comprometendo... Aff Tite, você é mané mesmo hein... Aí surge uma luz, Jorge Henrique vai entrar, o Sheik errando todas, as bolas... quem sai? Você errou denovo! Quem sai é Wliam, nosso melhor atacante no jogo. Pelamor de Deus Adenor! E dále bola nas costas do Alessandro... De vez em quando até dava pro Ralf cobrir a avenida ali e tirar umas bolinhas... Beleza, 28 minutos, com um a mais, ainda dá! Aí vem o dilema... olha pro banco e coloca quem? Danilo ou Morais? Oh dúvida cruel! Difícil escolher na verdade... Mas eu sempre torço pra ele escolher o Morais, que pelo menos de 5 que entra em 1 ele tenta alguma coisa, o Danilo não dá mais... já mostrou que não combina, não tem espírito de Corinthians.
Tite vai trocar denovo, diz o repórter. Danilo está pronto pra entrar. Meu Deus, NÃO! Pelo menos agora ele tira o Alesandro que ta meio cansado, e ta jogando mal, coloca lá o Weldinho ou o Paulinho e tal... Erramos denovo! O caboclo me tira o Ralf, que estava jogando por ele e pelo outro também! Ah véi... depois dessa eu desisti...
Na verdade ainda torci pra tomarmos o 4º gol, quem sabe com uma goleada o time acorda, dá uma chacoalhada, reage, meche o brio dos caras... Quase tomamos, mas não saiu.
E o ex-líder o do campeonato, por 17 rodadas seguidas ainda levou sorte no final; por que o bicho ia pegar com a torcida, mas a séria contusão do Alex deixou o estádio em silêncio.
Ainda bem que o próximo jogo é contra os Bambis. Se jogarmos um pouquinho, retomaremos a liderança!
Vai Corinthians! Vaza Tite e Danilo! Já deu!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Mais um Artilheiro Corinthiano!

Eita nóis!
Foram divulgadas umas fotos de um grande artilheiro do futebol brasileiro corinthiano... o nome da vez é o craque Leandro Damião do Inter. Corinthianíssimo, desde criancinha, como o pai dele, as fotos do aniversário não deixam mentir! E convivia, aparentemente só com coleguinhas gente boa hehehehe





Aliás, se for pesquisar a fundo, a grande maioria dos jogadores são corinthianos quando pequenos, e o maior sonho deles, com certeza é de vestir, ao menos uma vez, o manto sagrado alvi-negro. É fácil justificar tal fato: o motivo, obviamente, é que a maioria esmagadora é mesmo corinthiano! Jogador de futebol ou não; médicos, advogados, dentistas, engenheiros, marketeiros (não podia deixar passar...), bancários, promotores, vendedores de picolé, bandidos, enfim.... todos, em sua maioria "É NÓIS".
Agora, sem polêmicas hein CHOLORADOS... ou então manda ele pra cá!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Corinthians - Marca Mais Valiosa Entre os Times Brasileiros


Vejam:

Corinthians amplia a vantagem na liderança como marca mais valiosa:

Em estudo divulgado pela empresa de consultoria BDO RCS, o Corinthians consolidou a liderança como maior marca dentre os grandes clubes brasileiros. A do Timão cresceu em 16% em relação aos números de 2010 e está avaliada em R$ 867 milhões. O segundo colocado é o Flamengo (R$ 689,5 milhões).
Amir Somoggi, um dos responsáveis pelo estudo, lista razões que fazem do Alvinegro Paulista, mesmo inferior em relação ao Flamengo em número de torcedores, o "campeão" quando o assunto é marca esportiva.
- O que puxou o Corinthians foi o crescimento do seu faturamento. Embora não tenha a maior torcida do Brasil, o Corinthians tem uma grande concentração de torcedores numa faixa de pessoas que recebe entre cinco e dez salários mínimos. Além disso, o Corinthians tem mais torcida do que o Flamengo no Sudeste. O Corinthians, por exemplo, teve receita de R$ 212 milhões ao longo de 2010 e o Flamengo apenas de R$ 128 milhões - explicou, por telefone.
Líder do ranking em 2009, o Flamengo caiu para o terceiro lugar em 2010 e assumiu a vice-liderança em 2011. Somoggi acredita que os rubro-negros só reassumirão a ponta caso aprendam a explorar seu maior patrimônio.
Outros dados interessantes se referem aos alvinegros Santos e Botafogo, que dominaram o futebol nacional nos anos 60. Os paulistas apresentaram a maior subida percentual de 2010 para 2011: 49% - sua marca foi elevada de R$ 153,3 milhões para R$ 227,9 milhões. Já o clube de General Severiano, lanterna nos últimos dois estudos, segue estagnado na 12ª colocação. Sua marca só teve uma elevação de R$ 800 mil (entre 2010 e 2011). Somoggi explica ambos os fenômenos.
- O Santos tem grandes chances de superar o Internacional, estabelecendo assim nas quatro primeiras colocações os grandes de São Paulo mais o Flamengo. Mas isso também depende do crescimento do Inter. O Botafogo tem pouca torcida pelo Brasil proporcionalmente aos outros 11. Faturou apenas R$ 52 milhões em receitas no ano 2010. Além disso, o patrocínio era de R$ 5 milhões no ano passado, dez vezes a menos do que o Corinthians. Sua marca é proporcional ao que gera - explicou.
Além do Peixe, o Vasco é apontado como outro clube com potencial para crescer muito no ranking que envolve os 12 maiores país. O título da Copa do Brasil é visto por Somoggi como um combustível para isso.
- O Vasco tem um potencial gigantesco. Acredito que o título da Copa do Brasil o ajudará muito. O Fluminense, por exemplo, cresceu substancialmente após ser campeão brasileiro - disse.
Por fim, Somoggi ainda projetou que a disputa pela maior marca seguirá por muito tempo entre Corinthians, Flamengo e São Paulo, os três primeiros do levantamento. É válido destacar, porém, que o São Paulo, líder em 2004, cresceu muito pouco em 2011, tendo seu marca ampliada em relação à temporada passada em apenas R$ 4,4 milhões.
- O Palmeiras (quarto colocado) fica bem afastado em relação a esses três. A briga vai continuar entre Corinthians, Flamengo e São Paulo - decretou.