sábado, 31 de dezembro de 2011

Deu Vontade....

hehehe deu vontade de postar fotos engraçadas, bizarras e cabulosas no futebol... olhem só cada uma....

Olha o rolo! Minha nossa!


Dhalsim... tem as manhas...


Amassa napa.


Sem discussão vai!! os outros que estão fingindo...


Nana neném, que a cuca vem pegar...


Forgado!

Oooops, foi sem querer....


Baila, baila, baila, baila


Forgadaço!


Calma mano, não precisa humilhar...


Esse era o cara... tem que ser macho pra fazer isso numa final de Copa hein



Melhor não comentar


Agora; essa é a melhor:


VAI CORINTHIANS!





sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

domingo, 18 de dezembro de 2011

HáHáHáHá Humilhou!


Gente, eu juro que nunca tinha visto um time ser tão humilhado num jogo de futebol como o Santos no 1º tempo contra o Barcelona na final do Mundial de Clubes da FIFA. Barça 4x0, gols de Messi (2), Xavi e Fabregas. Parecia uma roda de bobinho! Os caras literalmente brincaram de jogar bola. O Santos nem viu a cor da gorduchinha. O duro é a vergonha pro futebol brasileiro, depois de toda a propaganda em cima desse time  normal como o do Santos, tachado como o melhor time do Brasil disparado. Fazer um papelão desses, foi covarde, medroso; tremeram na base. O Neymar estava com cara de choro! Devia estar pensando: "Ô pai, quero ir embora! Não quero mais brincar!".





Baile. Esse é o nome pra dar ao que aconteceu. Colocaram na roda mesmooo!

Também ir pra um Mundial, enfrentar o Barça, com Durval, Léo, Dracena... pelamor né.
O melhor em campo pelo Santos foi o goleirinho, coitado. Podia, sem exagero ter sido 10x0. O time catalão teve 16 chances de gol, contra 3 do Santos. A posse de bola, eu acho que contaram errado; deu 71% a 29%, pra mim foi 90% a 10%. Uma aula!

E esse tal de Leonel hein... que monstro! Não tem como comparar com ninguém hoje em dia. È um fenômeno. Fico pensando uma coisa: se a seleção argentina encaixar seu futebol, com Messi, Aguero, Tevez, Di Maria, Higuain, fica difícil pra a Copa de 2014 hein. Aff.

Parabéns Barça! E chega de Santos um pouco...
Timão é Penta Brasileiro, ano que vem é nóis no Japão pra ensinar esses caras como se ganha um Mundial!
hehehehe

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Aniversário! 21 anos do Nosso 1º título Brasileiro.

Em 16 de dezembro de 1990, o Corinthians ganhava pela primeira vez um título do Campeonato Brasileiro, em cima do São Paulo no Morumbi, vencendo os dois jogos finais por 1x0. No primeiro jogo gol de Wilson Mano e no segundo, gol de Tupãzinho.

Ganhamos de um time bem mais forte, com garra e coração; com jogadores medianos e Neto em grande fase.... temos que destacar alguns personagens daquela equipe, como Ronaldo goleiro, o lateral Giba, o zagueiro Marcelo (Djian), Wilson Mano, Fabinho e Tupãzinho. Várias lendas alvi-negras!



É realmente impressionante como o Corinthians evoluiu de lá para cá, tanto como clube, como time, em estrutura, em investimentos em outros esportes, como em patrocínio.... é incrível como se "agigantou" após essa conquista. Hoje, 21 anos depois desse títulos, já temos 5 Brasileiros, 3 Copas do Brasil, são mais 6 Campeonatos Paulistas, a Liga Rio São Paulo e um Mundial de Clubes.

PARABÉNS CORINTHIANS, POR ESSA CONQUISTA HISTÓRICA!!!!
21 ANOS DO BRASILEIRÃO 1990.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

História Real.... Sempre acontece!

Aconteceu em SP
Um menino de 6 anos chegou em casa e perguntou:



- Pai, para que time eu torço?
O pai imediatamente detectou o problema. Não ligava muito para futebol, nunca tinha conversado com o filho sobre o assunto. Percebeu que o menino tinha chegado a uma idade em que é obrigatório ser torcedor. Decidiu que se esforçaria para reparar o erro.
Prometeu ao filho que o levaria a jogos de todos os clubes grandes de São 
Paulo, para que o garoto tivesse todas as oportunidades para escolher seu time do coração. Fez a devida lição de casa. Aprendeu os fatos, os nomes, os momentos e lugares importantes na História de cada clube.

A primeira visita foi ao Morumbi, numa tarde de jogo do São Paulo. Chegaram cedo, passaram no Memorial, viram os troféus da Copa Libertadores, da Copa Intercontinental.
- Filho, o São Paulo é o mais bem sucedido clube brasileiro no cenário internacional. Ganhou a Libertadores 3 vezes, foi a Tóquio duas vezes para conquistar a Copa Intercontinental, também tem um Mundial de Clubes da Fifa. Além disso, foi o primeiro clube da cidade a ter o seu Centro de Treinamento. E claro, é o dono desse estádio, o Morumbi, o maior de São Paulo.
O jogo foi ótimo, o São Paulo venceu, o menino ficou impressionado com o tamanho e conforto do Morumbi.
- E aí, quer comprar uma camisa? – perguntou o pai.
- Ainda faltam três times, né? Prefiro esperar.


A segunda visita foi ao Palestra Itália. Passearam pela sede do clube. Viram os bustos de Ademir da Guia, de Junqueira, de Waldemar Fiúme. Também conheceram a sala de troféus. Sentaram-se nas numeradas do estádio do Palmeiras.
- Filho, esse time é diferente dos outros, por causa da conexão com a origem dos torcedores. O Palmeiras tem uma ligação sanguínea com a Itália, se chamava Palestra Itália. Claro, ninguém precisa ser italiano para torcer pelo Palmeiras, mas é bonito ver essa relação familiar com o time. Os palmeirenses são apaixonados por essa camisa. Grandes craques passaram por aqui ao longo dos tempos. Tanto que o time tem o apelido de “Academia”. – contou o pai.
O Palmeiras ganhou, o menino vibrou. Gostou do ambiente no Palestra, da proximidade do gramado.
- Vamos comprar a camisa? – o pai perguntou.
- Mas ainda faltam dois times…


Próxima parada, Vila Belmiro. No carro, indo para Santos, o pai começou a falar sobre as glórias do time.
- Meu filho, esse time que você vai conhecer hoje é um patrimônio do futebol. É o time em que jogou o Pelé, o maior jogador da História. Teve o melhor time de todos os tempos, no começo da década de 60, quando não havia adversário neste planeta que pudesse vencê-lo. Você vai ver a quantidade de taças que eles têm.
Visitaram o Memorial das Conquistas e sua impressionante coleção de troféus. As fotos do timaço que conquistou o mundo duas vezes, do Rei Pelé e de tantos e tantos jogadores lendários.
O Santos ganhou o jogo, o menino ficou empolgado. Na Vila, dá para ficar ainda mais perto do campo.
Na saída, a mesma pergunta.
- Vamos comprar a camisa?
- Calma pai, ainda tem um jogo para a gente ir, não tem?


E foram ao Pacaembu, num domingo à tarde. Não conseguiram sair cedo de casa, estavam um pouco atrasados. O pai foi falando sobre o Corinthians no carro.
- Filho, estamos indo ao Pacaembu, mas o Pacaembu não é o estádio do Corinthians. É da prefeitura, porque o Corinthians não possui um estádio próprio. Mas a torcida se sente muito bem lá. Outra coisa: o Corinthians é o único time de São Paulo que ainda não ganhou a Copa Libertadores. Mas tem um detalhe interessante: é a maior torcida de São Paulo, e a segunda maior do Brasil. É uma torcida tão apaixonada que é chamada de “Fiel”. Esta torcida ficou por mais de vinte anos sem ganhar um título sequer, no entanto, incrivelmente, foi exatamente neste período que a torcida mais cresceu.
Dificuldades para estacionar o carro, confusão na descida da escadaria, empurra-empurra, correria, etc... enfim chegaram em frente ao Pacaembú. Chegando próximo à bilheteria, viram um homem pardo, de chinelos de dedo, comprando seu ingresso com os últimos trocados de sua surrada carteira.

Por causa do atraso, pai e filho entraram no Pacaembu pelo portão principal, quase na hora em que o Corinthians subiu ao gramado. Sentaram-se apertadamente na escadaria da arquibancada de cimento por falta de espaço, e logo tiveram de se levantar, porque o time foi para o campo. A emoção da torcida ao ver o time subir a escadaria do vestiário deixou o menino impressionado...
De repente, o pai percebeu algo assustador. Seu filho estava arrepiado, respiração alterada, chorando de euforia, irriquieto, e ao mesmo tempo rindo sozinho, feliz como se tivesse ganho o maior dos presentes.
- O que aconteceu, meu filho?
- Não sei, pai.
- Por que você está chorando?
- Não sei…
- Quer ir embora?
- Não, quero ficar.
O jogo estava para começar quando o menino pegou o braço do pai.
- Pai, quero uma camisa.
- Como assim?
- Escolhi, pai.
- Mas o jogo ainda nem começou…
- Não importa !!! Eu sou corinthiano !!!




ENTENDEU?
SENTIU?
NÃO?
ENTÃO NÃO É...

SÓ QUEM É PRA ENTENDER MESMO.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Tae Umas Fotinhas da Nossa Festa do Penta 04/12/11

Hoje teivemos uma enorme carreata em comemoração ao Penta Campeonato Brasileiro do Timão, grande e animada, depois consigo umas imagens pra postar aqui, por enquanto vou colocar umas fotos da festa de domingo, dia do jogo final, churras na casa do Lion! É nóis moçadaaaa!












sábado, 10 de dezembro de 2011

É Peeeenta!!!!

VAI CORINTHIANS!!!!

E foi...
Depois de um campeonato muito disputado, o Timão ficou com o título, empatando com o Palmeiras na última rodada por 0x0. Depois de liderar por 27 rodadas das 38 disputadas, depois de uma grande arrancada de 9 vitórias nos 10 primeiros jogs, depois de ver vários erros de arbitragem contra o time, conseguimos oque deveria ter conseguido já no ano passado. O título.

Que delícia o chute no vácuo do Jorge Henrique. Aliás o JH está se mostrando um predestinado para jogadas de entrar para história. Nesse mesmo campeonato, chutou para Rogério Ceni tomar um frangaço daqueles, nos 5x0 do 1º turno.


E agora o chute no vácuo contra o Palmeiras. Oque não dá pra entender é que o camaradinha lá do Chile faz sempre o mesmo lance e é legal, é bonito, é futebol alegre.... quando o JH fez deu briga! Ma são uns mané mesmo, veja:


Outro lance bonito, também no jogo contra o Palmeiras foi o drible do Liédson! MARAVILHA:



Acostumado a dar chapéu, Neymar também levou! Do monstro Ralf, confira:



Essa sequência de canetas do Sheik foi sensacional, contra o São Paulo:



Vamos a alguns golaços do Timão nesse Campeonato.
Começando pelo gol do Alex Procopense contra o Ceará no Pacaembu; pancada de longe na gaveta:



Gol do Wiliam no 3x0 contra o Atlético-GO também no Paca; corte e colocada no ângulo:



O gol de Danilo, abrindo o 5x0 contra o São Paulo no Pacaembu, corte deixando zagueiro e ceni no chão:


Gol do Emerson Sheik, contra o Atlético Paranaense, começando com um toque de letra e depois enfiando um canudo reto e rasteiro no canto.



Gol importante mesmo, talvez o mais importante do campeonato para o Corinthians foi o da virada em cima do Atlético Mineiro no Pacaembu, de Adriano Imperador aos 46 minutos do 2º tempo; roubada de bola, contra-ataque rapidíssimo e colocada no canto:




Gol de Cachito Ramirez, na importantíssima vitória contra o Ceará; corte seco e colocadinha no canto:



O Gol da virada contra o Flamengo no Pacaembu, de Liédson; cruzamento na área e voleiozinho de prima:



E agora pra fechar uma foto do meu querido ex-presidente Lula, lutando contra o câncer e comemorando o nosso Penta Campeonato. Valeeeeeu!


É nóis!